A Universidade Fernando Pessoa (UFP), instituída pela Fundação Ensino e Cultura Fernando Pessoa (FFP) e reconhecida de interesse público pelo Decreto-Lei nº 107/96, de 31 de Julho, é o resultado de um projeto inovador de ensino superior, iniciado nos anos de 1980. A Universidade Fernando Pessoa ministra, atualmente, quatro mestrados integrados, nove licenciaturas e quatro doutoramentos.

Escola Superior de Saúde da Fundação Fernando Pessoa (Reconhecida de interesse público pelo D-L nº 45/2020, de 23 de julho) é um estabelecimento de ensino superior politécnico vocacionado para o ensino, a investigação orientada e a prestação de serviços na área da saúde. Atualmente a sua oferta formativa contempla quatro Licenciaturas, dois Mestrados e seis Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP)

O Hospital Fernando Pessoa (HE) foi desenvolvido a partir de um conceito inovador, como uma unidade multifuncional de cuidados primários, secundários e terciários, prestados numa lógica pedagógica, para a formação e qualificação permanente de profissionais de saúde e pela humanização na relação terapêutica.

O HE impressiona pela modernidade, luminosidade, funcionalidade e qualidade das suas instalações e equipamentos clínicos, de ensino e de investigação.

Arquitetura
e Urbanismo

Mestrado
Integrado

O Mestrado Integrado em Arquitetura e Urbanismo, acreditado pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior, está estruturado em dez semestres/300 ECTS que culminam na elaboração e apresentação pública de uma Dissertação de Mestrado.

Além da formação efetiva em sala de aula, os alunos são confrontados, com o desenvolvimento de atividades de projeto, estudo e acompanhamento de casos reais assumindo, desde cedo, uma intervenção ativa na sociedade. O “Laboratório de Estudos e Projetos” (LEP) da UFP apresenta-se como um palco privilegiado para este confronto, permitindo a criação de todo um conjunto de inter-relações sistémicas entre as atividades de investigação, de ensino, de aprendizagem e, simultaneamente, de aproximação aos atos próprios da profissão arquiteto.

Este diploma é reconhecido automaticamente por todos os estados-membros no que se refere ao acesso ao exercício da atividade profissional (inscrito no anexo V, ponto 5.7.1. da Diretiva 2005/36/CE)

SAÍDAS PROFISSIONAIS

QUERES
SABER
MAIS?

Os diplomados poderão exercer a sua atividade profissional em instituições públicas (Câmaras Municipais, Ministérios e Direções Gerais, Institutos Públicos e Gabinetes de Apoio Técnico); Ateliers de Arquitetura, de Desenho Urbano e de Arquitetura de Interiores; Instituições na área da investigação tecnológica, da produção industrial ou comercialização de materiais de construção; Instituições de ensino.

Ciência Política
e Relações
Internacionais

Licenciatura

A Licenciatura em Ciência Política e Relações Internacionais é um curso acreditado pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior, estruturado em 6 semestres letivos e a atribuição de 180 ECTS. 

Este curso encontra-se dividido em duas áreas científicas interrelacionadas que se concentram no estudo das estruturas, processos e dinâmicas políticas em diferentes níveis, do nacional ao internacional.

A Ciência Política é o estudo da teoria e prática do governo, da política e do comportamento político; investiga questões como a distribuição de poder e recursos, os processos de tomada de decisão, as instituições políticas, os sistemas políticos e as suas ideologias; os subcampos da Ciência Política incluem teoria política, política comparada, política pública, políticas de identidade, entre outros. Os cientistas políticos procuram entender e analisar como as instituições políticas funcionam, como as políticas são formuladas e implementadas, e como os cidadãos interagem com o governo e entre si no contexto político.

As Relações Internacionais são o estudo das relações entre estados soberanos e atores não estatais em nível global; os temas centrais das Relações Internacionais incluem a guerra e a paz, a cooperação e o conflito, a segurança internacional, a globalização, a diplomacia, o direito internacional e as organizações internacionais; os estudiosos de RI analisam as interações entre os Estados, Organizações Internacionais, Organizações Não Governamentais, grupos terroristas e outras entidades no cenário global; frequentemente abordam questões transnacionais como mudanças climáticas, direitos humanos, migração, comércio internacional e desenvolvimento global.

A Licenciatura em Ciência Política e Relações Internacionais tem como objetivo fornecer competências multidisciplinares em áreas que habilitem ao exercício de variadas atividades profissionais nos domínios político e internacional. 

SAÍDAS PROFISSIONAIS

QUERES
SABER
MAIS?

No final do curso, o título em Ciência Política e Relações Internacionais pode ser exercido em Portugal ou no estrangeiro, num amplo leque de atividades e setores, como: Instituições públicas (Câmaras Municipais, Ministérios e Direções Gerais, Institutos Públicos e Gabinetes de Apoio Técnico); Áreas de gestão e negócios; Jornalismo Especializado (assuntos políticos e assuntos internacionais); Departamentos de Relações Internacionais; Atividade política e diplomática.

CIÊNCIAS DA
COMUNICAÇÃO

Licenciatura

A Licenciatura em Ciências da Comunicação é um curso acreditado pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior, estruturado em 6 semestres letivos e a atribuição de 180 ECTS. 

Este curso tem como objetivo capacitar os estudantes com conhecimentos teóricos e práticos sobre a forma como a informação é produzida, distribuída e consumida nas sociedades. Visa, fundamentalmente, desenvolver competências críticas e criativas para a análise dos meios de comunicação, a produção de conteúdos, em ambientes multimédia, a gestão da comunicação nas diversas plataformas e a perceção do impacto dos meios de comunicação na opinião pública e na cultura. Prepara os alunos para carreiras na área do jornalismo, das relações públicas, da publicidade, do marketing e gestão da comunicação, em contextos tradicionais e digitais.

SAÍDAS PROFISSIONAIS

QUERES
SABER
MAIS?

A opção por este curso permite, no futuro, exercer profissionalmente Ciências da Comunicação em: Jornalismo; Assessoria de Comunicação; Marketing; Publicidade e Produção e Realização Audiovisual e Multimédia, em Empresas de media, Produtoras, Organismos do Estado, Agências de Comunicação e empresas em geral (departamentos de comunicação, marketing e comerciais).

CIÊNCIAS DA
NUTRIÇÃO

Licenciatura

A Licenciatura em Ciências da Nutrição é um curso acreditado pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior, estruturado em 8 semestres letivos e a atribuição de 240 ECTS. 

A Licenciatura em Ciências da Nutrição qualifica o estudante para o exercício da profissão de Nutricionista. Estes profissionais de saúde têm competências para promover a saúde, prevenir, controlar e tratar a doença, através da avaliação, diagnóstico, prescrição, intervenção e monitorização alimentar e nutricional, assim como o planeamento, a implementação, a gestão, a comunicação, a inovação, a segurança e a sustentabilidade alimentar e nutricional, a nível individual ou comunitário, com base na evidência científica disponível.

SAÍDAS PROFISSIONAIS

QUERES
SABER
MAIS?

Os licenciados em Ciências da Nutrição poderão desenvolver a sua atividade em áreas como Nutrição Clínica; Nutrição Comunitária e Saúde Pública; Nutrição no Desporto; Qualidade e Segurança Alimentar; Investigação; Ensino-Formação. E poderão exercer a atividade nomeadamente em Hospitais, Centro de Saúde, Clínicas, Empresas de Restauração, Autarquias, Indústrias Agroalimentares, Centros de Formação, Clubes Desportivos, SPAs e Health Clubs.

CIÊNCIAS
EMPRESARIAIS

Licenciatura

A Licenciatura em Ciências Empresariais é um curso acreditado pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior, estruturado em 6 semestres letivos e a atribuição de 180 ECTS. 

Este curso tem como objetivo preparar os estudantes para compreender os fundamentos e as práticas do mundo dos negócios, para que possam assumir posições de liderança, inovar e gerir eficaz e eficientemente recursos em organizações de diversos setores. O curso está organizado em 6 semestres e apresenta uma proporção equilibrada de disciplinas nas áreas científicas de Gestão e das Finanças.

Nos dois primeiros semestres são lecionadas as disciplinas base, imprescindíveis ao aprofundamento subsequente de conteúdos específicos. Nos restantes semestres, os alunos adquirem conhecimentos e competências que possibilitam uma integração completa no mercado de trabalho, focando em áreas bastante abrangentes, tais como fiscalidade, marketing digital, inovação, internacionalização, recursos humanos, controlo de gestão ou logística. Em particular, no último semestre o curso inclui um “estágio e projeto de graduação”, que prepara a integração dos alunos em local de trabalho, e promove a sua autonomia de investigação, sempre com o acompanhamento dos respetivos orientadores.

SAÍDAS PROFISSIONAIS

QUERES
SABER
MAIS?

O curso de Ciências Empresariais habilita os futuros profissionais para exercerem atividade em gestão, estratégia empresarial, marketing e comunicação empresarial, inovação, internacionalização, recursos humanos, controlo de gestão, contabilidade e relato financeiro, gestão financeira e gestão de stocks (do setor privado e público).

CIÊNCIAS
FARMACÊUTICAS

Licenciatura
O Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas, acreditado pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior, está estruturado em 10 semestres/300 ECTS, sendo que o último semestre consiste num estágio profissionalizante.
 
O Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas tem como principal objetivo formar profissionais de saúde devidamente habilitados a desempenhar, com total competência e responsabilidade, a profissão de Farmacêutico de acordo com todas as atividades descritas no estatuto que regulamenta a Ordem dos Farmacêuticos. Tais atividades incluem a Farmácia Comunitária, a Farmácia Hospitalar, a Indústria Farmacêutica, a Distribuição Grossista e as Análises Clínicas. Proporciona também várias saídas no ramo da Investigação e Desenvolvimento, em áreas tão díspares como a Genética, a Microbologia, a Química, a Tecnologia Farmacêutica, a Imunologia e a Farmacologia. 
 
O plano curricular está de acordo com o descrito na Diretiva Europeia Regulamentadora do Ensino Farmacêutico, condição obrigatória para a inscrição na Ordem dos Farmacêuticos e obtenção da carteira profissional de Farmacêutico.

SAÍDAS PROFISSIONAIS

QUERES
SABER
MAIS?

Os mestres em Ciências Farmacêuticas podem exercer atividade profissional, com total competência e responsabilidade, em áreas como: Farmácia Comunitária (incluindo Direção Técnica); Farmácia Hospitalar; Farmácia Clínica; Indústria Farmacêutica (nas vertentes de Investigação e Desenvolvimento, Produção, Controlo de Qualidade e Assuntos Regulamentares); Distribuição Grossista; Análises Clínicas; Investigação e Desenvolvimento, em áreas como a Genética, a Microbiologia, a Química, a Tecnologia Farmacêutica, a Imunologia e a Farmacologia.

Criminologia

Licenciatura

A Licenciatura em Criminologia é um curso acreditado pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior, estruturado em 6 semestres letivos e a atribuição de 180 ECTS. 

O objetivo deste curso é formar profissionais capazes para compreender, analisar e intervir nos variados fenómenos relacionados com a criminalidade e o desvio. Este curso oferece conhecimentos sobre a passagem ao ato criminal, as características das ocorrências criminais e respetiva contextualização, o comportamento do criminoso, as suas consequências, nomeadamente, para as vítimas, e as estratégias de prevenção da criminalidade. Visa também preparar os alunos para trabalhar em diversos contextos, nomeadamente em  instituições de controlo e combate ao crime, designadamente por via da prevenção, de serviços de reabilitação, agências de aplicação da lei, equipando-os com as habilidades necessárias para abordar os desafios da sociedade contemporânea no campo da Criminologia.

SAÍDAS PROFISSIONAIS

QUERES
SABER
MAIS?

Se optares por este curso, poderás exercer funções não só ao nível da investigação criminal, mas também da consultadoria e elaboração de programas de política criminal, programas de apoio a vítimas, programas de prevenção e reinserção de delinquentes e programas penitenciários; apoio às forças de segurança, tribunais e empresas de segurança privada; formação, ensino e investigação. O Criminólogo poderá desenvolver a sua atividade profissional em contextos institucionais como: forças de segurança (PJ, PSP, GNR); Ministério da Defesa Nacional; Serviço de Estrangeiros e Fronteiras; Tribunais de Justiça; Direcção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais; centros educativos; autarquias; instituições de ensino; centros de investigação; instituições de apoio a vítimas; gabinetes de mediação; gabinetes de advogados; serviços de segurança privada e ainda como profissional liberal.

Criminologia

Licenciatura
[EAD]

A Licenciatura em Criminologia (EaD – Ensino à Distância) é um curso acreditado pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior, estruturado em 6 semestres letivos e a atribuição de 180 ECTS. 

O objetivo do curso é formar profissionais capazes de compreender, analisar e intervir nos variados fenómenos relacionados com a criminalidade e o desvio. Este curso oferece conhecimentos sobre a passagem ao ato criminal, as características das ocorrências criminais e respetiva contextualização, o comportamento do criminoso, as suas consequências, nomeadamente, para as vítimas, e as estratégias de prevenção da criminalidade. Visa também preparar os alunos para trabalhar em diversos contextos, nomeadamente em  instituições de controlo e combate ao crime, designadamente por via da prevenção, de serviços de reabilitação, agências de aplicação da lei, equipando-os com as habilidades necessárias para abordar os desafios da sociedade contemporânea no campo da Criminologia.

Lecionado em regime maioritariamente online; sendo necessário assistir presencialmente a 5% das sessões (incluindo a apresentação e defesa do projeto final).

Os objetivos do ciclo de estudos são adaptados ao ensino à distância através de atividades letivas dirigidas e elaboradas a distância, através do uso de metodologias de ensino-aprendizagem que incluem a utilização das ferramentas tecnológicas: Colibri Zoom, para o contacto síncrono com o docente; e a Plataforma Educativa Canvas. Através destas ferramentas, os docentes oferecem aos alunos uma significativa variedade de recursos e atividades que potenciem os alunos a atingir com autonomia as suas metas profissionais.

SAÍDAS PROFISSIONAIS

QUERES
SABER
MAIS?

Se optares por este curso, poderás exercer funções não só ao nível da investigação criminal, mas também da consultadoria e elaboração de programas de política criminal, programas de apoio a vítimas, programas de prevenção e reinserção de delinquentes e programas penitenciários; apoio às forças de segurança, tribunais e empresas de segurança privada; formação, ensino e investigação. O Criminólogo poderá desenvolver a sua atividade profissional em contextos institucionais como: forças de segurança (PJ, PSP, GNR); Ministério da Defesa Nacional; Serviço de Estrangeiros e Fronteiras; Tribunais de Justiça; Direcção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais; centros educativos; autarquias; instituições de ensino; centros de investigação; instituições de apoio a vítimas; gabinetes de mediação; gabinetes de advogados; serviços de segurança privada e ainda como profissional liberal.

ENGENHARIA
INFORMÁTICA

Licenciatura

A Licenciatura em Engenharia Informática é um curso acreditado pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior, estruturado em seis semestres letivos e a atribuição de 180 ECTS. 

O objetivo deste curso é formar profissionais capacitados para projetar, desenvolver, implementar e gerir sistemas informáticos e soluções tecnológicas. Este curso oferece uma sólida formação em ciências da computação, programação, redes de computadores, bases de dados, sistemas operativos e inteligência artificial, preparando os alunos para enfrentar os desafios tecnológicos e inovações no setor de Tecnologias da Informação. A Licenciatura em Engenharia Informática visa dotar os estudantes com competências técnicas e analíticas, promovendo a capacidade de resolver problemas complexos, inovar e contribuir para o avanço tecnológico em diversos campos, desde o desenvolvimento de software até a segurança informática e o desenvolvimento de novas aplicações tecnológicas.

SAÍDAS PROFISSIONAIS

QUERES
SABER
MAIS?

Os licenciados em Engenharia Informática podem exercer atividade como: engenheiros de sistemas informáticos; analistas de sistemas; analistas/programadores; programadores de aplicações; programadores web; programadores de mobile apps; administradores e /ou gestores de bases de dados; especialistas de segurança informática; gestores de projetos de software; gestores de redes; consultores de sistemas de informação; gestores de sistemas de informação.

GESTÃO DA
QUALIDADE,
AMBIENTE E
SEGURANÇA

Licenciatura

A Licenciatura em Gestão da Qualidade, Ambiente e Segurança é um curso acreditado pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior, estruturado em 6 semestres letivos e a atribuição de 180 ECTS.

O curso destina-se a desenvolver competências práticas e conhecimentos permanentemente atualizados nos domínios da Gestão da Qualidade, do Ambiente, da Saúde e Segurança no Trabalho, da Responsabilidade Social e da Inovação, formando Gestores da Qualidade, Ambiente e Segurança capazes de lidar com os referenciais ISO 9001, ISO 14001, OHSAS 18001, entre outros.

O plano de estudos revela um enfoque significativo na gestão da qualidade, através da utilização de diversas ferramentas, com destaque para Produção LEAN/Seis Sigma. Paralelamente, e numa lógica de desenvolvimento sustentável, são abordadas tecnologias e a diferente legislação ambiental, aplicadas à gestão de emissões gasosas, efluentes líquidos e resíduos sólidos, não deixando de aludir a qualidade ambiental dos edifícios, bem como a respetiva eficiência energética. Simultaneamente, são ainda trabalhadas questões no âmbito da segurança e saúde dos trabalhadores, quer ao nível da identificação e avaliação de possíveis riscos profissionais, como também na prevenção e controlo desses mesmos riscos.

Os conhecimentos e competências adquiridos durante o curso, são úteis às organizações que pretendem desenvolver a sua atividade com qualidade, respeitando o meio ambiente, contribuindo para um desenvolvimento sustentável, com evidente preocupação com a saúde e segurança dos seus trabalhadores e pessoas externas que com elas interagem.

SAÍDAS PROFISSIONAIS

QUERES
SABER
MAIS?

As saídas profissionais dos estudantes deste curso incluem tanto empresas privadas como instituições do Estado, nos sectores administrativos, industrial, saúde, serviços e comércio, e também no âmbito, cada vez mais importante, do setor das Instituições Particulares de Solidariedade Social.

Medicina

Mestrado
Integrado

O Mestrado Integrado em Medicina é um curso acreditado pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior, estruturado em 12 semestres letivos e a atribuição de 360 ECTS. 

É um ciclo de estudos inovador que incorpora as mais avançadas metodologias de formação médica, nomeadamente o desenvolvimento curricular em espiral com profundos alicerces científicos. Aprendizagem com base em casos clínicos, problemas e evidência científica, o que o torna desafiante e integrador, enfatizando o trabalho em equipa, as distintas especificidades da profissão médica e promovendo o pensamento crítico.

Plano de estudos que compreende todos os sistemas orgânicos, uma visão global do ciclo de vida em saúde e doença, do diagnóstico, do cuidado personalizado e de novas terapêuticas. A epidemiologia, a bioestatística e o método científico permitem conhecer a saúde das populações, os determinantes da saúde, modelos e organização dos sistemas de prestação de cuidados de saúde, competências clínicas, ética, valores da profissão e a resposta a perguntas científicas.

A UFP é a única instituição de ensino superior privado nacional com um Hospital-Escola próprio, garantindo assim aos seus estudantes, a imersão no ambiente clínico real desde o início do curso, promovendo capacidades técnicas nas diversas áreas de ação médica, permitindo que desenvolva competências de liderança na atividade clínica e investigação aplicada à Medicina.


QUERES
SABER
MAIS?

Medicina
Dentária

Mestrado
Integrado

O Mestrado Integrado em Medicina Dentária na UFP, regulado pela Diretiva nº 2013/55/UE, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 20 de novembro de 2013, está estruturado em 10 semestres/300 ECTS com frequência presencial e a tempo integral para a obtenção do Diploma de Mestre em Medicina Dentária. O ensino/aprendizagem desenvolve-se em dois ciclos (básico e clínico) integrados e é dirigido para a formação do futuro Médico Dentista.

O curso capacita o aluno a desenvolver competências diversas, científicas, técnicas e relacionais nos âmbitos académicos e da futura atividade profissional, com autonomia, competência e independência, na atuação das dimensões éticas e humanas para o tratamento das patologias dos dentes, boca e estruturas orais anexas.

A formação dos Mestres em Medicina Dentária é concretizada por um corpo docente altamente qualificado e diferenciado, com experiência e reconhecimento nacional e internacional, e que tem colocado a UFP em lugares de destaque no contexto da avaliação das universidades portuguesas. Além de formar profissionais de fácil inserção no mercado de trabalho nacional, europeu e internacional, o curso de Medicina Dentária ministrado na UFP tem permitido aos alunos a participação em lugares de destaque também no âmbito de universidades portuguesas e estrangeiras e outras áreas de competência setorial.

O Hospital-Escola Fernando Pessoa, equipado com a mais sofisticada tecnologia, representa uma mais-valia ímpar no complemento da formação profissional dos alunos, não só potenciando uma experiência clínica quantitativa e qualitativa sem paralelo, mas também abrindo perspetivas de formação pós-graduada em condições que nenhuma outra escola tem ao seu alcance.

QUERES
SABER
MAIS?

PSICOLOGIA

Licenciatura

O plano de estudos do 1º ciclo em Psicologia, encontra-se em conformidade com o Diploma Europeu em Psicologia – Europsy –, da European Federation of Psychologists Associations (EFPA), e a Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP). O ciclo de estudos tem a duração de 6 semestres e as unidades curriculares que o compõem, num total de 36, correspondem a 180 ECTS, acreditado pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior por 6 anos.

O ensino da Psicologia na Universidade Fernando Pessoa tem como principais objetivos: i) proporcionar uma formação sólida dos estudantes, nos planos científico, profissional e ético, dotando-os de competências específicas para promover o desenvolvimento, o bem-estar e a eficácia dos indivíduos, grupos e/ou organizações; ii) desenvolver conhecimentos e promover competências primordiais para uma formação geral em Psicologia, de base sólida para a prossecução de estudos ao nível de 2º ciclo, indispensável para o exercício da profissão de psicólogo; iii) capacitar para a reflexão e análise crítica do saber em Psicologia e áreas afins; iv) proporcionar uma formação de base alargada e integrativa de saberes, potenciando percursos mais personalizados de formação e promovendo a participação ativa dos alunos no projeto formativo.

SAÍDAS PROFISSIONAIS

QUERES
SABER
MAIS?

As saídas profissionais, para os alunos que complementem a sua licenciatura com o mestrado em psicologia, são amplas, abrangendo instituições públicas e privadas dos setores da saúde, escolar e educacional, comunitário, organizacional, empresarial e jurídico (ex., hospitais, centros de saúde, clínicas, escolas, colégios, ATLs, jardins de infância, instituições de apoio e desenvolvimento de pessoas com deficiência, lares, centros de dia, instituições de solidariedade social, empresas, autarquias, centros de emprego e formação profissional, estabelecimentos prisionais e organismos de reinserção social).

AÇÃO HUMANITÁRIA,
COOPERAÇÃO E
DESENVOLVIMENTO

Mestrado

O Mestrado em Ação humanitária, Cooperação e Desenvolvimento prepara profissionais ou futuros profissionais para lidar com respostas humanitárias. É um programa internacional, que tem vários anos de experiência e conta com profissionais especializados, tanto professores como convidados civis e militares.

As emergências humanitárias acontecem em diferentes tipos de situações, que são mais frequentemente situações de conflito, mas podem ser igualmente de catástrofes naturais, ou ainda problemas de emergências em saúde ou de riscos para específicos para a segurança.

A resposta a estas situações opta por uma abordagem humanista e por estratégias específicas, nomeadamente: a promoção da saúde e do bem-estar essencial da pessoa, a preparação para situações de desastres e de riscos para a segurança, a análise e a prevenção de crises internacionais e internas. A organização é o ponto essencial, e por isso é preciso saber fazer o planeamento de situações de emergência, saber coordenar e saber conviver entre os vários operadores da emergência para o fornecimento de serviços humanitários, conhecer as ferramentas de logísticas e de apoio à gestão, e as formas de avaliação pós-emergência e de desenvolvimento pós-crise.

QUERES
SABER
MAIS?

AÇÃO HUMANITÁRIA,
COOPERAÇÃO E
DESENVOLVIMENTO

Mestrado (EAD)

O Mestrado em Ação Humanitária, Cooperação e Desenvolvimento (EAD  – Ensino à Distância) é um programa de mestrado reconhecido pelo Ministério do Ensino Superior de Portugal, e foi também acreditado pela Agência do Ensino Superior de Portugal.

O programa de estudos decorre durante dois semestres académicos, completados por um último semestre para a elaboração de um Trabalho de Projeto. O mestrado é ministrado sobretudo em regime de ensino à distância, mas os estudantes têm de assistir presencialmente a 5% das sessões (incluindo a apresentação e defesa do Trabalho de Projeto). 

O Mestrado em Ação Humanitária, Cooperação e Desenvolvimento utiliza modernas plataformas e ferramentas de ensino à distância (CANVAS, Zoom, Google Meeting). Os estudantes têm assim acesso a todos os seus recursos, e podem comunicar com os docentes a partir de qualquer parte do mundo. Uma equipa técnica de apoio à aprendizagem online, oferece uma assistência permanente e rápida aos estudantes do ensino à distância.

QUERES
SABER
MAIS?

CIÊNCIAS DA
COMUNICAÇÃO

Mestrado

O 2.º ciclo de estudos em Ciências da Comunicação distribui-se por dois ramos, cada um deles com um enfoque particular em distintos domínios do saber, devidamente estruturados de acordo com um enquadramento teórico-prático que contempla o Jornalismo e as Relações Públicas, Publicidade e Marketing.

Os objetivos deste ciclo de estudos podem ser descritos segundo três eixos:

  1. Dotar os estudantes de um conjunto de competências teóricas, científicas, e de natureza prática que lhes permitam ganhar o gosto pela descoberta. Uma exigência que os desafios da Comunicação implicam, seja por causa da reconfiguração dos modelos discursivos do jornalismo, seja devido à alteração e constante aperfeiçoamento dos paradigmas e suportes tecnológicos, seja ainda por causa das novas associações entre (investimento na) publicidade e (produção de) valor.
  2. Criar um suporte intelectual e argumentativo, com substância científica, que permita ao estudante ser capaz de lidar ética e profissionalmente com a diversidade e abundância de fluxos informativos que fixam as diversas agendas das sociedades contemporâneas.
  3. Proporcionar aos estudantes instrumentos, ferramentas e técnicas que lhes permitam ser competitivos em diferentes desempenhos profissionais na área da Comunicação.

 

O 2º Ciclo de estudos em Ciências da Comunicação abre ou reforça possibilidades de trabalho nas seguintes áreas: jornalismo (redação e edição); a assessoria de imprensa, de comunicação e assessoria política; criação publicitária; gestão de projetos; produção de conteúdos mediáticos.

QUERES
SABER
MAIS?

CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO:
EDUCAÇÃO ESPECIAL

Mestrado

O Mestrado em Ciências da Educação: Educação Especial tem a duração de dois anos letivos e está organizado em 4 semestres, fazendo uma gestão equilibrada entre saberes e práticas que visam promover a aquisição/ aprofundamento de conhecimentos e o desenvolvimento/ aprimoramento de competências no domínio das Ciências da Educação, mais especificamente na área da educação especial.

O principal objetivo deste ciclo de estudos é o de preparar docentes ou outros profissionais ligados à área da educação para o exercício de funções em agrupamento de escolas ou escolas não agrupadas e em instituições particulares ou públicas de apoio à população em situação de desvantagem, com competências de análise crítica, de intervenção, de consultoria e de formação, supervisão e avaliação na área das ciências da educação em geral e da educação especial em particular.

Este curso tem como principais objetivos formar especialistas com conhecimentos teóricos e práticos, cujas metodologias e técnicas proporcionem bases sólidas para uma intervenção e investigação no campo educativo em função dos alunos com NEE nos diferentes domínios. 

Estes objetivos concretizam-se em duas vertentes: Profissional e Académica.

QUERES
SABER
MAIS?

CIÊNCIAS
EMPRESARIAIS

Mestrado

O 2º ciclo do curso de Ciências Empresariais encontra-se organizado em 4 semestres, incluindo disciplinas na área científica da Gestão complementadas com outras promotoras de desenvolvimento de competências transversais.

Assim, o primeiro ano contempla um conjunto de unidades curriculares focalizadas nas diferentes áreas das ciências empresariais, com o objetivo de desenvolver competências científicas, técnicas e profissionais para responder ativa e criativamente aos desafios competitivos da atualidade. Por sua vez, o segundo ano oferece uma formação específica em metodologia de investigação que permite que o aluno desenvolva um trabalho de investigação científica num dos diferentes domínios das ciências empresarias, sob a devida orientação de um docente especializado na área, e que culminará com a apresentação da dissertação de mestrado.

Ao caraterizar-se por um nível de estudos aprofundado, com preocupação assumida pela especialização, tem três objetivos principais: através de uma profunda interligação entre as mais recentes teorias de gestão e as melhores práticas empresariais, utilizar métodos, técnicas e instrumentos de gestão que facultem aos mestrandos um quadro conceptual e metodológico para aplicação; preparar gestores com conhecimentos específicos, incentivando os mestrandos a desenvolver as suas aptidões para identificar e explorar as oportunidades oferecidas pelo meio envolvente e ainda ampliar a sua área de formação já consolidada nos níveis académicos anteriores.

QUERES
SABER
MAIS?

CRIMINOLOGIA

Mestrado

O curso de Mestrado em Criminologia procura que o estudante seja capaz de, num contexto multidisciplinar, procurar soluções concretas para as diferentes facetas do crime e da criminalidade, quer do ponto de vista da prevenção, quer da perspetiva da intervenção e reabilitação, quer, ainda, sob a lupa da investigação científica, cuja articulação complementar com investigação criminal garantida pelas forças de segurança se torna uma mais-valia deste domínio científico. A ponte entre o racional teórico e a prática é algo que se procura alcançar junto dos estudantes do Mestrado em Criminologia. A estes desafios, adicionam-se as preocupações com a capacitação